• Testemunho nas ruas antigamente
  • Ambrosio Rosa | Primeiro nativo batizado
  • Testemunho nas ruas antigamente
  • Ambrosio Rosa | Primeiro nativo batizado
Anterior Próximo

Nossa história

Início

No início da década de 30, existia apenas uma Testemunha em Porto Rico, o irmão John Dahlberg. Ele tinha 70 anos de idade e tinha muito pouco conhecimento da língua espanhola.

Em 1935, chegaram duas pioneiras, Lillian Carr e Marie Hawkins, para transmitir a mensagem do Reino, que salva vidas, aos calorosos porto-riquenhos. Mesmo não falando o espanhol fluentemente, elas pregaram e distribuíram publicações em toda a ilha por mais de uma década.

Em 1938, a Irmã Hawkins entregou um folheto para um homem. Esse homem deu o folheto ao seu amigo Ambrosio Rosa Garcia. O Sr. Rosa ficou profundamente impressionado com o que leu e pediu mais publicações da sede da Sociedade em Nova Iorque. Apesar da oposição do clérigo e da polícia, ele começou a compartilhar o que estava aprendendo por pregar de casa em casa. O irmão Rosa pregou para Santiago Rodriguez, que se juntou a ele na pregação.

Jeová abençoou seus esforços e um pequeno grupo de pessoas interessadas começou a se reunir. Logo, os dois homens entenderam que deveriam se dedicar a Jeová e serem batizados. Como não conheciam nenhuma outra Testemunha de Jeová em Porto Rico, eles reuniram o grupo e foram todos para o rio. Lá, Ambrosio batizou primeiro Santiago e daí Santiago batizou Ambrosio. Isto foi em 18 de janeiro de 1940. Eles se tornaram as primeiras Testemunhas de Jeová batizadas nativas de Porto Rico. Logo após isso, em 8 de junho de 1940, foi formada a primeira Companhia (ou, Congregação) de Arecibo das Testemunhas de Jeová, em Porto Rico.

Em Março de 1944 chegaram os primeiros formados da Escola de Gileade designados para servir em Porto Rico: Leo e Eunice Van Daalen, o irmão de Leo, Emil, e o primo deles, Donald.

O primeiro congresso foi realizado em 1945, na Velha San Juan. Estavam presentes 250 pessoas. O escritório da filial foi estabelecido em 1° de abril de 1946.

Tempos recentes

Em 2014, Porto Rico teve um auge de 26.295 publicadores e 3.308 pioneiros. Foram batizadas 610 pessoas. A proporção entre o número de publicadores e a população é de um publicador para 140 pessoas.

Testemunho nas ruas antigamente Testemunho nas ruas antigamente
Testemunho nas casas com palafita antigamente Testemunho nas casas com palafita antigamente